Investimento

O Que é INCC e Como é Cobrado?

Por 27 de dezembro de 2018 Nenhum Comentário
O Que é INCC e Como é Cobrado?

O INCC (Índice Nacional de Custo da Construção) foi elaborado pela Fundação Getúlio Vargas para avaliar o desempenho dos gastos de construções habitacionais. Em especial, quando faz-se necessária a correção de contratos na compra de imóveis durante a construção.

Para que serve o INCC?

Como citamos brevemente acima, o INCC é um indicador que tem como função acompanhar o custo das construções, incluindo gastos com tecnologias. Trata-se de uma aritmética dos valores ponderados de dados coletados nas seguintes cidades: Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.

Quatro fatores influenciam no levantamento do INCC, são eles: materiais — que podem ser estruturais, instalações e acabamentos —, equipamentos, serviços e mão de obra. Os orçamentos que a FGV utiliza para guiar a análise são de empresas de engenharia civil, relatando 64 itens de mão de obra e 659 que são divididos entre os outros três fatores.

Enquanto isso, o sistema também leva em conta a variante de preços entre cada cidade e o tamanho dos mercados de construções habitacionais. Todos esses valores possuem um peso percentual, cuja soma resulta em cem.

Qual é a vantagem?

Uma das principais vantagens no uso do INCC é a manutenção do valor de compra acordado com o cliente, protegendo o preço do financiamento de imóveis na planta com construtoras e agindo contra a inflação dos insumos no segmento da Construção Civil.

Ou seja, o INCC considera todos os fatores com poder de influência no mercado da construção a fim de evitar que qualquer parte da obra fique com valores defasados.

Como calcular prestação corrigida pelo INCC?

O cálculo do INCC é realizado com a aplicação do índice ao saldo devedor. Portanto, para calcular o valor da parcela você deverá dividir o saldo devedor pelo número de parcelas restantes. Veja o exemplo abaixo:

Você comprou um imóvel de R$300.000,00, com R$100.000,00 de entrada. Logo, o seu saldo devedor é de R$200.000,00 e, hipoteticamente, será dividido em 200 parcelas.
Para realizar o cálculo, aplique o INCC em cima do saldo devedor:

200.000 x 1+ 0,29% = 200.580

Então, o valor reajustado do saldo devedor é de R$200.580,00, que deve ser dividido pelo número de parcelas:

200.580/200 = 1.002,90

O valor da parcela será de R$1.002,90. Simples, não?!

Este artigo foi útil para você? Continue acompanhando o blog da Tarjab e confira as siglas que rondam o mercado imobiliário.