InvestimentoPlanejamento Financeiro

Cuidado! 8 erros para evitar ao investir

Por 14 de novembro de 2016 Um Comentário
Cuidado! 8 erros para evitar ao investir

Segundo alguns dos maiores investidores do Brasil, esse é um bom momento para investir e aproveitar os preços baixos dos ativos brasileiros. Ou seja, quem tiver dinheiro guardado, deve aproveitar esse período para finalmente entrar no mundo do mercado financeiro e obter lucros.

Mas antes de começar, saiba quais são os oitos erros mais comuns que você deve evitar ao investir.

Não pesquisar e entender sobre investimentos – Pesquise, pesquise e pesquise mais ainda! Entenda de investimentos, do mundo financeiro e de Economia. E assim que souber o básico, estude o investimento em que pretende aplicar e suas características principais, como tipo de investimento, valorização, investimento mínimo necessário, lista de ativos etc. E, se for possível, converse com um consultor especializado ou procure por cursos, livros e outras fontes de informação.

 Não ter uma estratégia de investimentos – Antes de aplicar seu dinheiro, você precisa criar sua estratégia de investimentos, com base no seu perfil investidor, determinando os tipos de investimentos que funcionam melhor para você e as melhores opções nessa categoria (renda fixa ou variável, por exemplo).

Não verificar se a instituição financeira é confiável – Busque referências do histórico e reputação do banco, corretora ou gestora de investimentos onde vai aplicar seu dinheiro. O Banco Central possui uma lista de instituições habilitadas a operar no mercado de câmbio.

Não comparar as taxas de administração – Esse é o valor cobrado pelo gestor por administrar os recursos que você aplicou no fundo. A rentabilidade vinda de várias aplicações financeiras pode ser prejudicada se a taxa de administração for alta, pois ela é cobrada mesmo se o fundo não estiver rendendo. Por isso, antes de investir, sempre compare não só a rentabilidade oferecida pela instituição, mas também a taxa de administração cobrada.

Investir todo seu dinheiro em ações –  Sabe o ditado “nunca coloque todo os ovos na mesma cesta”? Funciona também para investimentos. Ao colocar todo o seu dinheiro somente em ações, além de colocar o seu investimento e carteira em risco, você não terá outros investimentos conservadores, mas de rentabilidade constante, para garantir a proteção do seu fluxo de caixa.

Achar que renda fixa não tem risco – Os títulos de renda fixa, como o Tesouro Direto, são um dos tipos de investimento mais seguros do país, mas em títulos de renda fixa pré-fixados, você pode perder dinheiro se vender o título antes do seu vencimento ou se a taxa de juros estiver baixa no momento do resgate. Então é importante ficar atento ao tipo de investimento.

Achar que porque teve alta rentabilidade antes, continuará a ter no futuro – Se um investimento teve uma ótima rentabilidade hoje, não quer dizer que essa performance permanecerá igual amanhã. Apesar das previsões, não é tão fácil assim prever quanto um investimento vai render.

Se prender a um investimento que não vale a pena – Nem todo investimento será um sucesso e você precisa saber lidar com resultados negativos ou desfavoráveis. Uma boa opção nesse caso é fazer uso da possibilidade de abater o prejuízo sofrido do imposto de renda devido em decorrência de ganhos de capital.

[Ebook] Como conquistar o seu primeiro milhão?

 

 

Join the discussion One Comment

  • […] Vale a pena procurar por corretoras com taxas de administração mais atrativas. A BM&FBOVESPA tem uma lista de corretoras cadastradas, um centro de informações sobre serviços e custos oferecidos por cada empresa, o que facilita a escolha do parceiro com melhor custo-benefício. Temos também uma lista com 8 cuidados que você deve ter ao investir. […]