Planejamento Financeiro

Como Declarar Imóvel Financiado?

Por 9 de agosto de 2018 Nenhum Comentário
como declarar imóvel financiado

A declaração do imposto de renda pode ser um momento cheio de dúvidas para todos os cidadãos. Entre estas, uma comum é sobre como é realizada a declaração do imposto de renda. Neste artigo você vai aprender como declarar imóvel financiado, continue lendo para conferir.

Como declarar imóvel financiado no imposto de renda

Algumas pessoas acham que não é necessário, entretanto, esta declaração de  imposto de renda deve fazer parte dos valores descritos na sua folha de IRPF. Por exemplo, você adquiriu um apartamento há três anos atrás e está pagando as parcelas do financiamento.

Como declarar imóvel financiado que ainda não está quitado?Existe uma categoria específica para isto na Declaração de Ajuste Anual, no entanto, se nos anos anteriores não houve requisição obrigatória, é possível declarar o valor do imóvel na ficha de “Bens e Direitos”.

Detalhes de como declarar imóvel financiado

Ao acessar a área de Bens e Direitos na folha online do IRPF, é importante preencher duas coisas:

  • a data referente ao período analisado;
  • o valor total das parcelas.

Para exemplificar, acompanhe esta simulação: Fernanda possui um apartamento comprado em janeiro de 2018, que foi financiado em 50 parcelas de R$1.050,00., Ela vai declarar o IRPF ao final do ano. Logo, deve constar na sua declaração o valor da somatória das parcelas pagas até a presente data do preenchimento. Veja a demonstração:

  • período de janeiro de 2018 até novembro de 2018;
  • situação em 12/11/2018;
  • valor total a ser pago R$ 11.550,00.

Fiz a declaração obrigatória um ano antes, como devo proceder agora?

Caso a obrigatoriedade não seja mais uma questão para você, preencha a ficha conforme ensinamos acima, mas recomenda-se a apresentação de uma declaração retificadora, onde justifique-se a situação das parcelas pagas no ano anterior.

Para aqueles que não sabem, a retificação é um adendo de correção, como uma errata, que se acrescenta na sua declaração de imposto de renda, caso necessário. Não somente deve-se usá-la em caso de erros, mas também para acrescentar informações importantes.

Todos estes cuidados são requeridos para evitar ser preso na “malha fina” da Receita Federal, que caso encontre inconstâncias nos seus valores, pode solicitar maiores justificativas e até mesmo, processos judiciais e multas. Mantenha seu IRPF sempre em dia e atualizado, e evite dores de cabeça no futuro.

Para mais dicas sobre como declarar imóvel financiado, confira o blog da Tarjab.